ARP




Quem somos:

A Pastoral da Criança, organismo de ação social da CNBB, alicerça sua atuação na organização da comunidade e na capacitação de líderes voluntários que ali vivem e assumem a tarefa de orientar e acompanhar as famílias vizinhas em ações básicas de saúde, educação, nutrição e cidadania tendo como objetivo o "desenvolvimento integral das crianças, promovendo, em função delas, também suas famílias e comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político" (Artigo 2° do Estatuto). Saiba mais...





ARP ARP ARP











ARP


Baixe o aplicativo e receba semanalmente informações sobre o desenvolvimento de seu filho,
além de dicas para garantir uma vida saudável e com qualidade desde agora.


Clique aqui e saiba mais...



ARP











ARP


Com a onda de desinformação que está acontecendo, a Pastoral da Criança reafirma a import&acic;ncia de todas as crianças serem vacinadas para ficarem protegidas contra algumas doenças. Vacinando seu filho, você estará não só protegendo-o, mas também contribuindo para diminuir a mortalidade infantil e na erradicação de algumas doenças em nosso país.
Clique aqui e saiba mais...


ARP



ARP







A importância das vacinas para crianças e gestantes




- Por que todas as crianças precisam ser vacinadas?

- Quantas vacinas a criança deve tomar obrigatoriamente?

- É possível vacinar, sem nenhum risco, um bebê que tem alguma doença leve, uma deficiência ou que se encontre desnutrido?

- As vacinas podem causar alguma reação?

- Uma dúvida frequente é se as gestantes precisam tomar algum tipo de vacina durante a gravidez. Elas precisam ser vacinadas?


A saúde é o nosso bem mais precioso e preservá-la exige vários cuidados, entre eles: a vacinação. As vacinas são um dos métodos mais eficazes de defesa, ajudando o nosso organismo a criar resistência contra as doenças que podem atingi-lo.


Dentre os benefícios da vacinação, estão: a redução do número de casos da doença na comunidade, uma vez que a transmissão diminui; a diminuição do número de hospitalização; redução de gastos com medicamentos; redução da mortalidade infantil e materna e a erradicação das doenças.



Clique aqui e saiba mais...











ARP


ARP

É possível reduzir em até 70% a morte súbita de bebês.

A morte súbita é aquela que acontece de maneira inesperada,
quando o bebê está dormindo, e não tem explicação aparente.


Para isso oriente os pais para:

- colocar o bebê para dormir de barriga para cima;

- Amamentar: até o 6° mês da somente leite materno;

- Não fumar e nem deixar que fumem dentro de sua casa,
principalmente durante a gestação e na presença de crianças pequenas;

- Não agasalhar demais o bebê;

- Deixar fora do berço, travesseiros, brinquedos, almofadas e outros objetos fofos



















ARP


         

Dom Moacir Silva
Arcebispo Metropolitano

Pe Adriano
Assessor Eclesiástico da
Pastoral da Criança

Eunice Gomes Rodrigues
Coordenadora Estadual da
Pastoral da Criança

Eridan Silvestre Ribeiro dos Santos
Coordenadora Arquidiocesana da
Pastoral da Criança








ARP
Mensagem do casal Daniele e Helder
Coordenadores da Pastoral da Criança - Núcleo/Estado

Olá queridos líderes, coordenadores, capacitadores e equipe de apoio da pastoral da criança, Arquidiocese de Ribeirão Preto.

Acredito que todos estamos muito saudosos dos nossos encontros fraternos, do contato olho no olho com cada criança e família que acompanhamos e entre nós, companheiros de missão. Enfrentamos tempos difíceis, em que é necessário cuidar da nossa saúde, rever nossos hábitos e prioridades e sobretudo, não perder o olhar caridoso com nossos irmãos necessitados.

Cuidar do outro é o núcleo da nossa missão pastoral, e nesse momento em que o isolamento é necessário, podemos usufruir de novas estratégias e meios para nos comunicarmos e principalmente nos informarmos com material de qualidade.

Façamos bom uso do nosso App, com a riqueza de formação que ele nos oferece, e aproveitemos o que a tecnologia tem de melhor a nos oferecer. Vamos ligar, mandar msg, fazer vídeo chamada enfim, vamos nos fazer presentes da maneira que podemos.

Que Deus abençoe nossos passos, e Maria nossa mãe querida esteja sempre a frente dos nossos caminhos.

Na certeza de que em breve vamos voltar a nos encontrar, abraçar e desfrutar da vivência fraterna, que nos identifica como cristãos.

Bjos a todos
































ARP





https://www.pastoraldacrianca.org.br/materiais-educativos

https://www.pastoraldacrianca.org.br/





ARP